quinta-feira, 29 de outubro de 2015

OS JARDINS DE VERSAILLES, FRANÇA

A intenção aqui não é divagar sobre o enorme, maravilhoso e suntuoso Palácio de Versalhes, mas sim chamar atenção para uma área muitas vezes ignorada pelos turistas: os Jardins de Versalhes


Os jardins são compostos por quilômetros de um extenso complexo ladeado por incontáveis quantidades de árvores, diversos lagos, monumentos e outros castelos menores. 

Em seu interior encontram-se os verdadeiros aposentos de Maria Antonieta: o castelo chamado Petit Trianon, um conjunto de casas de camponeses conhecido como Hameau, que possui hortas e animais, o Templo do Amor, todos os domínios da rainha. 

Ainda no parque existe um outro castelo, Grand Trianon, bastante elegante e cercado por belos jardins. Todos os castelos são abertos à visitação, porém é necessário comprar o ticket.

Ao contrário de muitos, decidimos seguir pelo jardim andando e não com o "bondinho" que parte do Palácio. Talvez tenha sido por isso que ficamos ainda mais impressionados e surpresos quando encontramos a aldeia da rainha da França. O lugar tem um ar de mistério, remete à uma terra perdida mas encantadora, jamais imaginei que encontraria um cenário daquele dentro do parque. Me senti teletransportada para um filme de época.



Os jardins são muito grandes mesmo, recomendo que vá com calçado confortável para poder andar e aproveitar o lugar. Se você dispõe de alguns euros sobrando, também é interessante alugar um carrinho elétrico, parecido com aqueles de golf, para circular pelo parque e poupar um pouco as pernas. Aproveite para levar também um snack para beliscar enquanto caminha. Passamos o dia todo lá.

Encontramos muitos locais passeando no interior do parque, fazendo caminhadas, correndo, passeando com seus pets. A entrada para os jardins é gratuita e aberta ao público. 

 Nós chegamos ao Palácio de Versalhes bem cedo, próximo das 9h e não enfrentamos fila alguma para compra dos tickets. Decidimos começar o tour pelo Palácio e depois fomos para os jardins. Foi tudo muito tranquilo. Os jardins estavam quase desertos. Quando nossos pés não aguentaram mais, decidimos levantar acampamento, lá pelas 16h.

Para quem vem de Paris, nós usamos o metrô. Descemos na estação Pont de Sèvres, linha 9, ali existem vários pontos de ônibus. Procure o ônibus 171 que te leva até à frente do Castelo. Não tem erro. Barato e eficaz. Para o retorno foi o mesmo esquema; pegamos o ônibus no ponto em frente à entrada do Palácio. 

Fomos em fevereiro e o dia estava absurdamente gelado, os lagos congelados, deu até dó dos patinhos que ali nadavam rs!. Chegamos à Versalhes com sol mas no decorrer do dia a temperatura foi baixando e as nuvens tomaram conta, quando estávamos saindo dos jardins começou a nevar! Não poderia ter sido mais perfeito. Fechamos o passeio com chave de ouro.

Gravamos um vídeo enquanto estávamos caminhando pelos aposentos de Maria Antonieta. Bem caseiro, não tínhamos a intenção de mostrar a ninguém, mas afinal, porquê não compartilhá-lo, não é mesmo?!



Espero que tenham gostado e bon voyage!
Beijos com carinho ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário