quinta-feira, 27 de julho de 2017

AIRBNB: A "NOSSA" CASA EM NOVA YORK


Muitos de vocês já devem ter ouvido falar do AirBnB, mas para aqueles que ainda não conhecem, o AirBnB é um site de hospedagens que reúne casas, apartamentos, quartos e até mesmo camas, para viajantes ao redor do mundo. Os próprios proprietários disponibilizam seus imóveis, ou parte deles, para aluguel no site para aqueles que se interessam. É uma maneira bem legal de se hospedar por um preço muitas vezes mais acessível que hotel e ainda ficar bem localizado, sem contar a experiência de se sentir um morador local. 

Nossa hospedagem em Bed-Stuy


Nova York é uma cidade muito cara e se você está planejando uma viagem para lá ou já esteve na cidade, certamente já se deparou com preços de hospedagem completamente absurdos e que extrapolam seu orçamento. Preço x custo benefício foi um dos motivos que me levaram a utilizar essa ferramenta de hospedagem quando estava buscando por opções atraentes na Big Apple. Essa foi a primeira vez que reservamos hospedagem nessa plataforma e confesso que me surpreendi positivamente. 

Como os apartamentos inteiros estavam com valores ainda muito acima do planejado, o jeito foi filtrar para quartos privados e aí sim, encontramos nosso "cafofo": quarto + banheiro privados, com entrada exclusiva (sem necessidade de passar pelos cômodos compartilhados da casa) e bem localizado. 

Bedford-Stuyvesant, ou Bed-Stuy para os íntimos, é o bairro central do Brooklyn e tem crescido sua popularidade a cada dia juntamente com outros bairros do distrito de Brooklyn, como Williamsburg, Greenpoint, Dumbo, Brooklyn Heights, Park Slope etc. 


A região de Bed-Stuy é arborizada, organizada, limpa e segura. Eu posso dizer que fiquei muito satisfeita com nossa escolha e com certeza voltaria a me hospedar nesse bairro. Possui várias estações de metrô e está a aproximadamente 35-40 minutos de Manhattan. Possui grandes redes de farmácia, várias opções de restaurantes descolados e ainda atrações diferentes e gostosas como o Brooklyn Botanical Garden, por exemplo. Apesar de curtir as grandes redes de restaurante americanas, eu também adoro comer em lugares diferentes, únicos e especiais. E o Brooklyn está recheado disso! A atmosfera de Bed-Stuy é bem alternativa, divertida e colorida. 

A melhor panqueca de NY

Como boa apreciadora de panquecas que eu sou, sempre que viajo aos Estados Unidos eu procuro algum lugar especial para comer essa maravilha da gastronomia americana, sempre regada a muito syrup. E não bastasse todas as qualidades de Bed-Stuy, o bairro é ainda mais legal porquê lá está localizado o café que faz a melhor panqueca que já provei na minha vida. Sério mesmo. 

O restaurante se chama Manny's e foi dica de ouro dos nossos anfitriões do AirBnB - tá aí mais uma vantagem de se hospedar na casa de algum morador local, eles sempre têm dicas especiais que não encontramos em blogs. E eu fico feliz em compartilhar com vocês esse achado!

Endereço do Manny's: 212 Patchen Ave., Brooklyn.

Veja bem o tamanho dessa panqueca!
Encerro o post com uma foto minha e da minha panqueca, vivendo felizes para sempre!
Beijos e até a próxima!

segunda-feira, 17 de julho de 2017

LINVILLA ORCHARDS PUMPKIN HARVEST FESTIVAL - O FESTIVAL DE COLHEITA DE ABÓBORAS DA PENNSYLVANIA


Hoje trago para vocês um passeio que foi muito, mas muito mesmo, procurado por mim no ano passado. Para quem ainda não viu, em Outubro e Novembro de 2016, eu e o marido fizemos uma roadtrip pelos Estados Unidos e o último estado que passamos foi a Pennsylvania. 


E um dos passeios que eu mais procurei e mais tive dificuldades em encontrar informações a respeito foi justamente sobre passear e conhecer fazendas de abóboras. Eu não tenho bem certeza de onde surgiu a ideia na minha cabeça mas eu estava tão obstinada a passear por uma fazenda de abóboras e eu não iria conseguir sossegar enquanto não riscasse esse item da Bucket List

A época do outono é quando acontece a colheita das abóboras e também das maçãs na parte norte e nordeste dos EUA. A colheita geralmente inicia em setembro e vai até início de novembro. E como estaríamos na Pennsylvania apenas na primeira semana de novembro, a oportunidade era única, do tipo "Agora ou Nunca" e eu precisava encontrar uma fazenda ainda aberta nas datas que estaríamos por lá. E, meus amigos, essa pesquisa não foi nada fácil. Como o filtro da minha pesquisa era muito específico: Pennsylvania, abóboras, primeira semana de novembro, nenhum blog daqueles que costumo pesquisar tinha informações. Aí eu parti para pesquisa em inglês, em sites da região, fucei, fucei e fucei mais um pouco até que tcharãããm... Caí no site do Linvilla Orchards.


Linvilla Orchards é uma fazenda familiar dedicada a agricultura, educação e passeios. A cada estação do ano oferece atividades relacionadas às frutas e alimentos colhidos naquela época em espefíco. Durante a época da colheita de abóboras, acontece o festival chamado PUMPKINLAND e tem muitas atividades para se fazer em família. Nós chegamos lá nos últimos dias do festival - ele acabava acho que uns 2 dias depois - e ainda por cima era um dia de semana, ou seja, quase não tinha ninguém, mas deu para curtir muito a vibe do local.

É um passeio muito legal para fazer com crianças; tem espantalho, abóboras de todos os tamanhos e formatos, tem colheita, tem uma espécie de trenzinho que circula pela propriedade e ainda tem uma feira com produtos orgânicos e alimentos feitos com a colheita do local.



Dentro do Farmer's Market você vai encontrar tudo o que pode imaginar feito de abóbora e maças: geléias, pimentas, caldas, pães, tortas, bolos, sorvetes, bolachas etc. Nós queríamos muito provar a famosa pumpkin pie ou torta de abóbora. Apesar de ter morado nos EUA, nunca havia provado essa especialidade americana. E ali na Pumpkinland do Linvilla Orchards foi o local ideal para experimentarmos essa curiosidade gastronômica.

Confesso que não conseguimos entender o motivo pelo qual a pumpkin pie é tão famosa 
Para chegar lá, basta digitar o seguinte no seu GPS ou app do celular: Linvilla Orchards Farm Market. Não tem erro. A fazenda fica na cidade de Middletown, uma cidade de interior, bem pequena e uma graça. Na saída da Pumpkinland ainda vimos vários veados passeando livremente pelos jardins das casas ali perto, foi demais.

Onde está Wally?
Recomendo demais o passeio para quem quer conhecer um pouco mais sobre a cultura local e gosta de fazer passeios diferentes e pouco turísticos.

Beijos e até a próxima!












terça-feira, 13 de junho de 2017

HIPOGLÓS CONTRA MANCHAS FACIAIS - MÁSCARA DO DR. IVO PITANGUY

Oi pessoal! Há algumas semanas postei um vídeo no Youtube contando sobre uma receitinha bem simples de máscara facial que tem efeito poderoso contra manchas no rosto. O produto milagroso nada mais é que a famosa pomada HIPOGLÓS. Associada ao Bepantol e às Vitaminas A e E, essa máscara reduz significamente a aparência de manchas faciais. 

Foi através da minha experiência pessoal e o resultado incrível que obtive com a máscara que optei por divulgar o vídeo nas redes sociais. Todos amigos e conhecidos que viram o vídeo e fizeram a máscara foram unânimes em afirmar terem visto resultados logo na primeira usada. Quando eu digo que essa combinação de produtos é o máximo, não estou exagerando! 

No vídeo explico certinho as quantidades, como e quantas vezes aplicar. Confiram:


Depois me conte se a máscara te ajudou.
Beijos com carinho ;)

quinta-feira, 13 de abril de 2017

MEU CANAL NO YOUTUBE: MULHER NUNCA É DEMAIS

Helloooooo!!! Sim, eu ainda vivo! Primeiramente, gostaria de pedir desculpas pelo sumiço! E segundamente, hoje apresento à vocês o meu, o seu, o nosso canal no Youtube:



Acredito que essa seja a primeira vez que escrevo aqui no blog sobre esse projeto tão legal no youtube que tenho junto com duas amigas, a Thabi e a Ana. Nosso canal nasceu em setembro de 2016, após alguns encontros e também algumas taças de vinho e muita conversa entre amigas. 

Temos um grupo de janta só de mulheres, somos em 8 ao todo, e nos reunimos mensalmente para nossas jantas temáticas. Em uma dessas jantas surgiu a ideia de um canal no youtube onde pudéssemos compilar todos nossos pensamentos e experiências num só lugar. Reunimos as interessadas em participar desse projeto e colocamos o canal no ar. 

Por lá falamos de tudo um pouco, desde relacionamentos, moda, beleza, estilo de vida e saúde. Expomos nosso ponto de vista e também compartilhamos nossas experiências e opiniões pessoais. Adoramos receber convidados especiais para participar de nossos bate-papos. Entre as convidadas que já recebemos no programa estão médicas, psicólogas, arquitetas e repórteres. Não vemos a hora de receber um homem no programa!

Confira nosso canal e nossa fanpage. Vamos adorar tê-lo conosco participando de nossas publicações:

Youtube ▶: MULHER NUNCA É DEMAIS
Fanpage : MULHER NUNCA É DEMAIS

Beijos e nos vemos em breve! 

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

MURAL DE INSPIRAÇÕES - SAPATO DA DISCÓRDIA

Oiii gentem, vamos falar de coisa boa? Vamos falar de sapato? Há!

Falo por mim quando digo que esse verão teve muito sapato estranho desfilando por aí nos pés das brasileiras. Teve chinelo estilo Raider, sandália com solado tratorado, muuuuito prata, muito dourado, teve também as sandálias de "Jesus" - a la Hermès, até pompom colorido (!), enfim, uma variedade grande de sapatos para franzir o nariz da galera por aí.

E o que era bom pode ficar ainda melhor, pois o outono promete mais uma leva de sapatos temporais para nossos armários. Vem aí mule, bota branca, mais solado tratorado, veludo, bota aberta nas laterias, bota aberta nos dedos (tá tá, essa já nos assombra há um tempo) e sabe-se lá o que mais vão inventar. 

Maaaaas, eu sou mulher sim e assim como muitas eu falo que acho feio para logo depois pagar a língua #quemnunca. Tem uma frase, em inglês, que li há um tempo atrás e traz um trocadilho pertinente para o post de hoje: 

"I SHOES TO BE HAPPY" 

Então amiga, se joga nesse sapato estranho! E como esse post não estaria completo sem um mural de inspiração, eu elegi a mule sem salto como minha tendência preferida para o outono e ela é a estrela do mural de hoje. A mule vai do shortinho ao vestido, do jeans ao social, aliando conforto e estilo com elegância e pouco esforço. O modelo mais comum é o de couro na cor preta, mas as variações incluem estampas, cores vibrantes ou mais discretas, bordados, aplicações e diferentes tipos de material. Eu me rendo!

Eu já sei que não é unanimidade, mas tô doida para saber sua opinião. Hot or not?

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

O QUE EU DESEJO EM 2017


Desde a última semana de 2016 que venho "matutando" e amadurecendo o que eu quero para esse novo ano, quais as minhas resoluções para 2017. Tem uma propagando rolando no GNT com o seguinte slogan: "Leve 2017 de leve". Nossa, como me identifiquei. Tudo que eu mais desejo é ser leve, em todos os sentidos. E também quero ao meu redor apenas pessoas leves, que deixem toda bagagem e energia ruim para trás. Quero ser contagiada apenas com boas vibrações e bons pensamentos. 

Claro, tudo isso é muito mais fácil falar (ou escrever) do que fazer na prática. Ser "leve" requer muita dedicação e atenção para não cair nas armadilhas do dia-a-dia, que tiram nosso sono, que estragam nosso humor, que elevam nosso grau de estresse e que colocam no pause o nosso plano de ser ~leve. A espontaneidade, por exemplo, algumas vezes acaba atrapalhando minha vontade de ser leve. Em um momento de desconforto, seja ele qual for, acabamos agindo de forma impulsiva e nos arrependemos logo em seguida. Digo por mim, a maioria das vezes que algo me tira do sério, eu ajo de forma instintiva e faço ou digo a primeira coisa que vem a mente. Quando algo que nos surpreende de forma que não entendemos como sendo legal acontece, devemos dar um passo para trás e analisar a gravidade da situação. Nos descabelamos por tão pouco. Não vale a pena. E esse é meu desejo para 2017: que eu consiga controlar os pensamentos ruins, para que esses não tomem posse de minhas ações e palavras. 

Silêncio. O silêncio me lembra muito leveza. Muita gente acha o silêncio ruim, mas eu acho bom. Precisamos aprender a exercitar mais os momentos em que devemos ficar de boca fechada. Tá aí outra coisa que requer muita disciplina. Para falar e para ouvir, silêncio é crucial em muitas situações na nossa vida. Silêncio é sinônimo de calma e tranquilidade. Uma mente silenciosa é uma mente em paz. Tem um trecho no livro da monja Jetsunma Tenzin Palmo onde ela coloca da seguinte forma: "Você tem um problema. Esse problema tem solução? Se sim, ótimo, não há com que se preocupar. Esse problema não tem solução? Paciência, então não adianta você se preocupar.". Por mais insensata que essa afirmação possa muitas vezes parecer, no fundo sabemos que é na verdade simples assim. Então em 2017 esse é outro desejo: aquietar a minha mente. Menos anseios, menos preocupações, menos estresses. 

Esses são os 2 objetivos primordiais: LEVEZA e SILÊNCIO. Mas é claaaro que fiz também uma tradicional listinha como todo mundo, das coisas que quero alcançar. Como, por exemplo, estudar francês (esse é o terceiro ano consecutivo que o item volta para lista hahaha), fazer um retiro de meditação, participar de algum clube do livro, comprar muuuuito menos roupa - estabeleci um limite mensal, diminuir o açúcar, etc etc etc. Vale lembrar que não adianta nada colocar nessa lista objetivos inatingíveis, né?! Temos que colocar coisas alcançáveis, que estejam dentro dos nossos limites e possibilidades para não nos frustrar. 

E você, quais os seus desejos para 2017?